Em Fahrenheit 451, que livro Você seria?

“O livro Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, mostra um futuro alternativo em que os livros, as opiniões próprias e o pensamento crítico foram banidos. Os livros que restam são queimados pelos bombeiros que, na história, fazem o papel de uma espécie de polícia intelectual. Os proprietários de livros são punidos.

Alguns rebeldes se escondem da sociedade. Cada um desses indivíduos é responsável pela preservação de um livro, decorando o seu conteúdo palavra por palavra e passando-as adiante, antes da morte, como um legado.

Assim, o sujeito deixava de ser conhecido por seu nome e passava a ser conhecido pelo nome do livro que decorou.”

 

Aí o Alessandro escrevendo isso daí além de me encher de vontade de ler o Bendito Livro [\\o]
propôs mais uma Blogagem Coletiva perguntando: Que livro Você seria nessa história?

Acho que as pessoas podem encontrar em mim uma mistura de tantos livros.. Difícil escolher qual realmente seria! Qual livro capta minha essência? Será que é essa mesma a proposta?
Ora… justo em mim?  Que mais uma vez confesso a dificuldade de permanecer fiel a uma única literatura por tempos prolongados?

Repensei esse pergunta por alguns dias! Até indaguei por aí o Livro que ‘por acaso’ achariam minha cara.

Mas descobri por mim mesma:
As Crônicas de Nárnia!

Além de conter uma das cenas literárias mais lindas que li, acho que ele mistura tudo que mais gosto: Literatura fantástica-épica-infantojuvenil (mas que também distrai adulto)-inteligente. Possui uma leveza única, narrativas que emocionam,etc e tal… Para os que desejam mais (entenda por isso para os que assim desejem ver, visto que o livro pode muito bem ser lido sem ser caracterizado desta forma), este livro ainda revela encantadoramente muitos preceitos religiosos que por sinal partilho.

Acho que teria um imenso prazer se ser identificada com um livro assim! 🙂

 

 

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Em Fahrenheit 451, que livro Você seria?

  1. Curioso, taí um livro que eu não seria! hahaha

    Não me entenda mal: amo as Crônicas de Nárnia, tanto os livros quanto as adaptações para o cinema. Mas é engraçado como eu não sou esse livro. Ele é um amigo muito diferente de mim. Foi curioso pensar isso sobre Nárnia: eu nunca tinha reparado que tínhamos essências tão diferentes, principalmente porque gosto muito dele. Seu post me fez ver isso – e gostar dele ainda mais 🙂

  2. Srta. Crônicas de Narnia.
    Ótima escolha. Também adoro esse gênero que de forma sutil traz ensinamentos fortes.
    Concordo contigo, é realmente difícil escolher uma obra entre tantas. Eu cheguei a escrever três posts diferentes. Trocava de obra diversas vezes pulando de livro para outro livro com rapidez.
    Obrigada pela visita e ótimo post
    =*
    Thai

Diz aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s