Eu Li [12] -Desafio Literário 2011.03.03

 

O Silmarillion

J.R.R. Tolkien

Martins Fontes, 468  páginas

 

 

Ah! Um Deleite! Este livro me fez retornar aos momentos de ouro da Leitura do Senhor dos Anéis!  Faz pelo menos 07  anos que eu não lia um Tolkien por inteiro ! Confessar que é fácil não vou! Literatura complicada, um banho de personagens, parágrafos longos… Mas a paciênica é recompensada! É um livro com um material extremamente rico -apesar de pesado – e suspeito que sempre vou achar genial. Esta é minha opinião. Li por aí (em blogues de outros participantes do Desafio) que acham o livro chato, então também tenho que fazer um ressalva: Há momentos da vida para se ler livros assim! Estados de Espírito muito específicos que nos fazer entrar neste tipo de literatura!

Esta é uma Obra inacabada, publicada 4 anos após a morte do autor, seu filho  Christopher Tolkien é praticamente co-autor da história. Entendo o livro, como um esboço inicial de toda a Narrativa do Senhor dos Anéis: está recheado de lendas e pontos místicos que vão desda criação do mundo até as longas aventuras  da triologia que consagrou Tolkien.  Christopher, nas introduções de edição que tenho em mãos, relata a ideia original do pai de publicar separadamente as historias reunidas no Silmarillion, mas no fim da vida mudou de  opinião  decidiu publica-los juntos, contudo faleceu antes de concluir a edição, cabendo então ao filho o papel de concretiza-lo após a sua morte.
O Silmarillion está dividido em cinco partes. A primeira parte foi meu encanto pessoal! A Música dos Ainur, conta da criação do mundo (Eä)  e me lembrou muito a fantasia de Nárnia do amigo de Tolkien, CSLewis, que não escondo de ninguém ser minha literatura preferida. Os fãs fieis que discordem comigo, mas as menções bíblicas desta narrativa me divertiram muito, tornando a literatura bem envolvente. 🙂 Esta narrativa por si só levaria 5 estrelas na minha avaliação!
A segunda parte, O Relato dos Valar, descreve os poderes sobrenaturais de Eä com direito a um profundo envolvimento nas descrições do mundo, etc e tal. A terceira parte é a mais extensa do livro e e inclusive o nomeia: A História das Silmarils, narra a história das guerras sobre as Silmarils e vários eventos ocorridos durante Primeira Era: o capítulo chamado DeTúrin Turambar, que é quase um Romeu e Julieta épico! Gostei muito, muito!
A quarta parte, Akallabêth nos revela o princípio e a queda da Segunda Era. Já a parte final, Dos Anéis de Poder e a Terceira Era foi estendida no famoso Senhor dos Anéis (sim, sim! achei um grande resumo do Senhor dos Anéis, apenas com os personagens importantes e a essência da história 🙂 )

Ai! Tenho noção que estou sendo muito simplista em relação ao livro ao escrever esta resenha! É um livro muito fascinante, no meu ponto de vista o melhor do autor! Recheado de preceitos de diferentes religiões me encanta pela essência pura. O autor propõe o resgate e a recriação de mitos que tentam explicar nossa existência. Mitos esses herdados da civilização greco-romana, com o adicional -evidente- das contribuições de todos os povos nórdicos, anglo-saxões, celtas e outros. Eu me fascino!
Claro que o mundo de Tolkien é de difícil acesso: personagens de nomes parecidos, lugares distintos com nomes de personagens (?), geram confusões durante a leitura! Não dá pra ser fluida de jeito nenhum! É preciso voltar, anotar (haha), reler, etc. sai  quase como um estudo do livro, não apenas uma leitura em si.   Mas… pra quem gosta… não tem como ser melhor!

Bem, é isso.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Eu Li [12] -Desafio Literário 2011.03.03

Diz aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s