Eu Li [25] – Desafio Literário 2011.06.02

O Pagador de Promessas
Dias Gomes
Bertrand Brasil, 174 páginas

Unh… O tema do mês me chamou bastante atenção! Peças teatrais são no geral leves e faceis de ler! Tinha programado de ler alguns livros a mais inclusive! Contudo fui ler este livro… E, apesar de curtinho, não consegui desenrolar a história! Simples assim! Este era um livro que queria ler des dos tempos de escola  e fiquei triste de não conseguir levar a leitura com prazer esperado! =/
Pois Bem!

Mais um drama teatral que li! : ) A história se dividi em três atos, se passa em Salvador e  gira em torno de um típico cotidiano: pagar promessas.  Em tese um homem ingênuo e simples faz uma promessa a Santa Barbara e passa a narrativa tentando paga-la. Na primeira parte há a  chegada do protagonista e sua mulher, vindos do interior, a uma igreja e termina com a negativa da burocracia eclesiástica, personificada em um padre, em permitir o cumprimento da promessa. No segundo momento há novos atores cercando a  questão de cumprir ou não da promessa e  uma continua negativa da Igreja em recebe-la.  Na parte final, os ânimos estão bastante cansados (passa-se neste contexto um dia inteiro neste único problema) e exaltados o que acaba implicando no desfecho até previsível – dentro do contexto.

Esperava uma história com teor religioso mas  acho que este foi apenas o pano de fundo, a história – pra mim –  fala sobretudo de Hipocrisia. Se Bem que isso tudo não é tão distante um do outro, né?
Esta é um história de Embates: Campo X Cidade; Credulidade Simples X Armação Mordaciosa; Verdade X Falseamentos; Crença Ingênua X Dogmatismo religioso ;  Sinceridade das intenções X Distorção absurda dos fatos; Inocência X Malícia;  . Penso que embates gerados pela comunicação – ou falta dela – e principalmente má vontade. (muita,muita,muita). A leitura me trouxe um outro lado da histórica que não consegui observar no  filme (clássico que vi a muitos anos): discussões sociais abrangente ficam sempre não pontuadas no nosso próprio cotidiano.

Quem muito que ajudar, ajudar…
ajudam mas é a desgraçar a vida da gente!
(Rosa, último ato)

Anúncios

Um comentário sobre “Eu Li [25] – Desafio Literário 2011.06.02

Diz aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s