Eu Li [38] – Desafio Literário 2011.10.03

 Vinte Poemas de Amor e uma Canção Desesperada
Pablo Neruda
José Olympio, 76 páginas

Não sei como descrever Neruda. O Livro é triste, mas tão belo… É tão único, tão melancólico…. Confesso que li pouquíssima coisa do autor acho que se não fosse o Desafio provavelmente meu estado de espírito atual também não me permitiria ler este livro: é muito introspectivo! Mas acho que por isso mesmo é tão único! Os Poemas de Amor são desesperadores e a Canção uma leve ternura. O livro é uma viagem pela memória, pela própria ternura e pelo amor (que é formado de saudade, de desejo, de delírios).
Fico assim, com poucas linhas, mas com uma vontade muito grande de estender a experiência de leitura a quem precisar ler a Boa Poesia: Indico muito!
Próxima meta é tentar ler no original… Será que consigo?

Anúncios

Diz aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s