Sobre Novembros (*)

“Se e quando você se apaixona, você pode ser feliz com ela. Eu não preciso desejar-lhe nada, pois ela vai ser feliz com você. Que o seu céu seja sempre claro, que seu querido sorriso seja sempre brilhante e feliz, e que você seja para sempre abençoado por aquele momento de êxtase e felicidade que você deu a outro coração solitário e grato. Não é um momento tão suficiente para toda a vida? “

Fyodor Dostoyevsky
[via]

(*) Ou sobre como vou te amar por todos os novembros

Anúncios

Diz aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s